Azeite “IMPERIAL”!

Oiê!!!

O azeite de hoje a ser comentado é o “IMPERIAL”. Ele também é de origem portuguesa, mas ao invés de ser proveniente de Fátima, é de Lisboa. Vocês devem estar pensando… Essa japonesa apenas consome azeites de Portugal? É amigos, por enquanto sim J Os espanhóis virão depois.

A acidez máxima é de 0,5% e foi degustado novamente com “aquele” pão árabe, lembram? Pois é… ainda não acabou! Rsrsrs…Bom, as minhas impressões são boas também…para escrever a verdade, eu não senti diferença entre o “PORTUCALE” e o “IMPERIAL”. Ambos deixam um sabor final agradável.

Entretanto, para temperar salada o “IMPERIAL” é mais adequado, pois sua combinação com  verduras e legumes ficam mais saborosos. Amigos, atenção: não utilizem azeites para cozinhar, o aconselhado pelos nutricionistas é seu consumo apenas “in natura”, ou seja, coloque o azeite apenas na hora em que os alimentos já estão no prato para consumo.

Bom, agora vamos comentar quanto o seu custo x benefício. Ele foi comprado por R$ 11,50 no Makro atacadista (http://www.makro.com.br) e pelo que percebi, não é encontrado em muitos lugares. De qualquer forma, fica a dica. Confesso que degustar azeites não é nada fácil, mas é gostoso!!!! Hummmmm ainda nesse friozinho…

Pessoal, inté a próxima!

By Fetanaka

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Azeite “IMPERIAL”!

Deixe o seu comentário


1 + dois =


 
%d blogueiros gostam disto:
Google+